sábado, 9 de junho de 2018

VOTO NULO 2018

Não sustente parasitas
VOTE NULO!
Organize-se e lute por bem-estar e liberdade.
Viva a anarcossindical e a ação direta.

Sem pátria, sem partido, sem patrão!

MANIFESTAÇÕES ARAXÁ

 Cinco anos das maiores manifestações da história de Araxá.
  A pauta era simples: redução no valor da tarifa no transporte público. Pauta estabelecida nas assembléias de 2012 e que foram levadas até as ruas no junho de 2013. Diferente da maioria dos lugares do país, as jornadas de luta em Araxá foram convocadas por este sindicato, seguindo uma tradição de lutas sociais conduzidas desde assembléias, sem pelegos e sem partidos - reivindicamos transporte público de qualidade e denunciando o preço da tarifa em Araxá como um dos mais altos do Brasil. As vitórias parciais de 2012 não nos bastavam, dessa forma fica decidido em assembléia que piquetes devem ser realizados no terminal, com sinalizadores e os primeiros bloqueios de via - os protestos tomam corpo e a população toma as ruas, por direitos, reivindicando aquilo que é justo, exercitando a democracia direta em assembléias públicas. A brutal repressão do Estado evidenciou tudo que a gente já sabia - oEstado é inimigo do povo! Em nossos acordos foi estabelecido o não revidar, não cair no jogo dos opressores e lutar por direitos. Em nenhum momento incentivamos violência, o Estado foi e é violento.
 Nas ruas fizemos a luta de verdade, por direitos e liberdade tomamos as ruas. Araxá como cidade de segurança nacional nunca havia tido um movimento de lutas sociais e laborais, somos a primeira organização a enfrentar os poderes locais, denunciar vera cruz e prefeitura, piquetes fechando as ruas e participação de todos e todas.  

Seguimos lutando como no passado, temos principios e nosso objetivo é o máximo bem estar com a máxima liberdade. 

Agradecemos os companheiros e companheiras que lutaram aqueles dias e seguem com os punhos levantados! 
Vocês são parte da história de Araxá e desse sindicato.

Sindivários Araxá
COB-AIT 

BONDE 1906

REABERTURA DE CONFLITO LABORAL

 Foi feito acordo por melhores condições de trabalho, encerramos campanhas mas a patronal covarde se nega a pagar valores de recisão aos trabalhadores da planta de Araxá. Por acordos judiciais estamos impedidos de divulgar nomes juridicos, porém, a quebra de acordos por parte dos patrões nos levam a também possivelmente romper acordos firmados.  Nossa prioridade é a defesa de nossos companheiros e companheiras.
 patrão explorador - pague oque deve.

sexta-feira, 25 de maio de 2018

APOIAMOS A GREVE DE CAMINHONEIROS

 Apoiamos e somos solidários aos caminhoneiros grevistas e suas reivindicações.
 Para fortalecer os laços de solidariedade e apoiar efetivamente os grevistas estamos abrindo um ponto de apoio no setor norte.
 Recolher itens necessários aos caminhoneiros e enviar aos bloqueios do posto Miguelinho em Araxá.


 Solidariedade entre a classe trabalhadora.

terça-feira, 22 de maio de 2018


ORGANIZE A RESISTÊNCIA!

 A situação como sempre vai de mal à pior, trabalhadores e trabalhadoras indefesos diante de toda exploração, o desemprego atinge mais de 20 milhões, os números oficiais mentem, todo aquele ou aquela sem direitos laborais ou previdenciários garantidos é um desempregado. Os sindicatos oficiais cumprem uma legislação fascista no que toca a organização sindical, os sindicatos oficiais estão mais interessados em compromissos políticos e relações partidárias. Nós, a classe trabalhadora seguimos indefesos, dessa necessidade de defesa nasce a resistência, o sindicato baseado em principios anarquistas, o verdadeiro sindicalismo - o anarcossindicalismo. Nossa seção sindical consegue manter minima resistência, em uma cidade do interior de MG somos a primeira organização local de resistência, entre lutas laborais e sociais recomendamos que organize-se e lute. Forme um núcleo de resistência e propaganda, organize um sindicato de artes e oficios vários em sua localidade, estabeleça bases de acordo e máxima horizontalidade, ação direta e solidariedade, defesa dos associados e consequentemente de toda categoria (inclusive dos que não lutaram). Somos solidários com todas as iniciativas de organização sindical anarquista.
 Precisamos nos defender, precisamos enfrentar os desafios não apenas por nós, mas por toda uma futura geração que não terá direitos sociais e laborais. Convoque assembleias com seus companheiros e companheiras, estreitar laços de solidariedade e criar de fato uma barricada contra a exploração. Trabalhadores e trabalhadoras precisam compreender sua força, que somos criadores de riqueza. Companheiros e companheiras desempregados precisam de solidariedade efetiva, piquetes e ações pela abertura imediata de frentes de trabalho. Organize a resistência e não espere nada de sindicatos pelegos e partidos - você é sua defesa, organizado e atuante com seus companheiros e companheiras.

Sindivários Araxá
COB/AIT
BONDE 1906

em defesa do anarcossindicalismo.

sexta-feira, 11 de maio de 2018