segunda-feira, 30 de junho de 2014

PELO FIM DA REPRESSÃO E DAS MENTIRAS CONTRA ESTE SINDICATO E SEUS MEMBROS.

Agora que esta claro que nenhuma das acusações contra este sindicato e seus membros são verdadeiras,exigimos e lançamos uma campanha pela imediata condenação do "jornal"que expôs sindicalistas,suas famílias e estudantes de J.L.
Sem dois pesos e duas medidas,esperamos que se faça justiça e chamamos para estas novas jornadas que esclarecem as razões para toda a perseguição contra manifestantes pacíficos,que foram classificados até como ladrões por uma mídia a serviço de uma pessoa,e nunca de uma cidade como tenta fazer parecer mas sem nenhuma legitimidade.
Primeiro foi a acusação de que membros deste sindicato teriam invadido um local da união estudantil local e proferido ameaças,mentira deslavada que caiu por terra já a muito tempo.
Depois um perfil de facebook falsificado de um membro deste sindicato de onde saíram ameaças a lideranças da mesma entidade,mais uma mentira,o perfil falsificado é uma tentativa barata de forjar crimes e nos calar,e como já fizemos antes,desafiamos o estado a descobrir de onde vieram as ameaças e quem foi o responsável,para nós parece evidente a tentativa de forjar um crime para nos calar.
Por último os processos contra manifestantes indignados com todos os casos acima,manifestantes que denunciavam a mentira e seguem processados por reivindicarem,por expressarem seu direito de resposta nas ruas de Araxá frente a todos os absurdos publicados.
A entrevista concedida pelo fundador da entidade mostra  bem do que são capazes,quando acusam nossos secretariado na época de roubo,mentiras,mentiras e mais mentiras.

Chamamos a luta pela verdade,pelo imediato fim da repressão e pela retratação imediata aos membros e ao próprio Sindivários Araxá,classificado como organização ilegal quando se nega a aceitar subsídios do estado,sem dúvida um grave atentado contra a liberdade de organização.
A partir das próximas semanas de julho,retomar piquetes no centro e nos bairros,denunciar e exigir  o mesmo tratamento dado a nós,anarcossindicalistas,difundir e deixar claro que somos lutadores sociais e não ladrões.
Não podemos mais permitir o avanço autoritário,o direito de resposta dado nas ruas é um direito de todos e todas envolvidos na luta por melhorias e liberdade a população,levaremos estas jornadas até a vitória tendo como data marcante para piquetes a primeira audiência em que esta mídia será colocada no banco dos réus.
Exigimos que os culpados sejam encontrados e nunca mais a perseguição volte a assolar manifestantes na cidade de Araxá.

Em Araxá,protestos como este abaixo renderam processos judiciais a pessoas que apenas reivindicavam.


Por outro lado fica evidente a perseguição aos que reivindicavam quando o fundador da questionada entidade publica inverdades contra este sindicato e seus membros,veja a publicação abaixo:


 Esta evidente a perseguição político/ideológica em Araxá,e nossos questionamentos a razão de tudo.
Em contradição com os dizeres da faixa,tentam criminalizar um sindicato a 05 anos nas ruas e mais de 08 de organização libertária,em uma cidade do interior do brasil onde jamais se viram lutas e reivindicações como as apresentadas pelas organizações anarquistas e anarcossindicalistas.

Leia a entrevista absurda concedida pelo fundador da entidade:http: //clarim.net.br/noticia/5635



Pedimos que a perseguição e a tentativa de forjar crimes contra este sindicato sejam denunciadas mais além das fronteiras de Araxá e do Brasil,que todos saibam os absurdos cometidos nesta cidade.
Mobilização total pelo esclarecimento dos fatos como eles são, e pelo fim das mentiras contra os que reivindicam.

Nenhum comentário:

Postar um comentário